MadameTussaud MOSTRA  AS FIGURAS DE: Cármen Rocha, Ágatha Christie e do escritor de PATINHO FEIO , TOMANDO CAFEZINHO, NUMA TARDE LONDRINA. HE,HE.

A GAROTINHA CHORONA E A PATINHA DETETIVE

 ( UM SERIADO  DE DETETIVE - HE,HE    CR  )

     

1-A FADINHA DO DENTE-MOLE     
2-O MAIOR BOLO DO MUNDO!
3-SOCORRO, UM ELEFANTINHO NO QUINTAL! 
 
4-A MAÇÃ E O BICHINHO DA MAÇÃ

5-QUEM ESTÁ GRITANDO?

6- VAGALUME TEM-TEM

7-A VAQUINHA FOFA TIROU FÉRIAS
8-O SAPINHO VERDE CANTADOR 

9-DINOSSAURINHO VERDE, MEU AMIGO
10- O CANGURU GULOSO  E  O SORVETE DE NUVEM

-

1-CHICLÉ DE ESTIMAÇÃO VIROU BOLINHA DE FUTEBOL

2- A GAROTINHA E A COBRINHA MUMU
3-A FADA-MENINA

4- A PULSEIRINHA COR-DE-ROSA 
5- O LENCINHO MARROM NÃO ERA BOM-BOM 
6- O BOLO DE CHOCOLATE... SUMIU !

7- O BONÉ DO GATO MANÉ 

 8- A BORBOLETA DANÇARINAOURA!
 9- O COELHO BRANCO ROUBOU A CEN                                                
 10- PÃO COM MEL E A FORMIGUINHA DOCEIRA      
 -

  1- O COELHO AMARELINHO
  2- O 
URUBU LEO E O ANEL DE RUBI 
  3- O URSINHO DE PELÚCIA E O BILU-BILU
  4- O SORVETE DE MORANGO E O CANARINHO AZUL 
  5- ANJINHO DA GUARDA E O BICHO PAPÃO
  6-A PEDRINHA REDONDINHA E O SERELEPE CEGUINHO 
  7- A GATA CENOURINHA E A TOUCA DE DORMIR

  8- O FIO DA PIPA E A CANARINHA AMARELA
  9- A LINDA FLOR DO SAPATINHO  E  O  BILU-BILU
  10-O MICO CHICO ERA UM COMILÃO 
  -

  1-TORTA DE MORANGO FOI PASSEAR
  2- O AMIGO SUPER-SECRETO DA GAROTINHA

  3- NOITE DE NATAL O - CAVALINHO DE PAU 

contosdacaRochinha-Cármen Rocha

1     A  FADINHA DO DENTE-MOLE !  

O dentinho de leite da garotinha estava esquisito:  molinho,molinho! Ela correu ao espelho para olhar. Quando viu que ele estava de lá para cá, abriu o maior bocão do mundo, que dava até para ver a campainha da boca.

Imediatamente todas as suas amiguinhas correram para abrir o bocão juntas. A amigona da Garotinha arranjou um espelho bem grande e todas foram chorar no espelho. Fizeram um coral de buá!   

A mamãe, enlouquecida, correu para chamar a Patinha Detetive que veio à toda com seu boné de detetive e sua lupa de ver dentinhos-de-leite moles.
 
A Patinha Detetive entrou na casa da Garotinha,tão depressa,que bateu o bumbum no chão e também abriu o bocão.Todas estavam chorando no espelho, quando o papai berrou: 
— Parem! Que bagunça é essa?
— É mesmo - disse a Patinha Detetive - que bagunça   é  essa?
 — É o meu dentinho,choramingou a Garrotinha, está esquisitinho... 
 
       
Deixe-me ver, falou a Patinha Detetive. Ah! É o seu dentinho-de-leite! Ele vai cair, e vai nascer um mais bonito!
— É, é ? - falou a Garotinha.
— É. E eu vou contar uma historinha linda de dentinho para vocês!
 
Todas pararam de chorar para ouvir a historinha.
— Meninas,quando o seu dentinho cair,se você puser debaixo do travesseiro, a Fadinha do Dente-Mole vem buscar seu dentinho e deixa um lindo presente para você!    
— É, é?  
 É.          
Não é que o dentinho da Garotinha caiu, e ela pôs embaixo do travesseiro?

 Ela foi dormir,só com um olho,porque queria ver a Fadinha do Dente-Mole com o outro olho, mas não aguentou e dormiu com os dois olhos ! 
No dia seguinte, tinha um bonito coelhinho vermelho no lugar do seu dentinho!

Mamãe , fez um belo mingau de chocolate e convidou a turma para tomarem juntos.

Êta, cFadinha boazinha!
  

 O MAIOR BOLO DO MUNDO!            

 SABEM QUEM  VAI FAZER  6   ANINHOS? 
POIS  É, É  A  FOFINHA DA GAROTINHA!                                        

Naquela noite quente de abril, a garotinha estava deitada nuns
almofadões, na área do apartamento. Estava escurinho e
ela olhava o céu... Todo iluminado... Parecia mil lanterninhas
acesas. A garotinha estava muito quieta e feliz.Ela contava as
estrelas... 
                        mix_250.gif (13691 bytes)
De repente, abre-se 
a porta do apartamento e todas as suas
amiguinhas entram cantando o PARABÉNS A VOCÊ!
Mamãe coloca
o bolo na mesa! 
Era o maior bolo do mundo! Um bolão. Todo cheio
de chocolate, bala de goma,  pipoca, sorvete, amendoim,bala de
hortelã, suspiro, pirulito, brigadeiro, bala de coco e morangos em
volta. Ufa!
A Gabi-Gibi lambeu os beiços. O Janjão-Comilão pulou
para bem pertinho do bolo. Mas antes que o bolo sumisse, a
mamãe da garotinha ficou segurando as mãos do Janjão.
Chamaram bem depressa a Patinha Detetive que trouxe sua
enorme lupa e ficou vigiando a smãos do Janjão bem de
perto...
Mamãe  dividiu o bolo para todo mundo.Todos

   comeram muito    
e deram muita risada. LFoi o melhor
aniversário da garotinha !
Ela
abraçou cada amiguinha e cada
amiguinho e cada um
foi para a sua casa dormir. Já eram dez horas da noite! Puxa!

                                                           

 

contosdacaRochinha-Cármen Rocha
 O COELHINHO ROUBOU A CENOURINHA! 

   

 A garotinha estava assistindo televisão, e comendo uma linda cenoura que a mamãe trouxe da feira.

 E roc, roc, comeu mais um pedação. Mas... quando ela foi pegar um suco na geladeira, não é que a sua cenoura deliciosa desapareceu?   

 A garotinha abriu um bocão maior que uma xícara de leite.  
Pelo prédio inteiro ouviu-se

 o buáaa que ela fazia.Lógico que a Bibi e a
Amanda correram para chorar juntas com a amiga. Então ficou um BUÁÁÁ bem grandão.

O zelador do Prédio pegou o celular e ligou rapidinho para a Patinha Detetive que ficou tão assustada que esqueceu seu boné de detetive e só trouxe sua lupa de achar ladrõezinhos famintos.

E procura que procura...

Começou a achar uns pelinhos brancos pelo tapete, e mais e mais   pelinhos brancos, que acabaram atrás do sofá!
 

A Patinha Detetive espiou e viu dois guardanapinhos brancos espetados, bem juntinhos. E bem devargarzinho, subiu nas almofadas e  agarrou  os guardanapinhos - Vupt! Então  ouviu-se um grande gemido: cui,cui...
Não é que era um lindo Coelhinho  agarrado pelas orelhinhas?! 


— Coelhinho, o que você está fazendo?
— Estou roendo essa cenourinha deliciosa. 

  Mas essa cenourinha deliciosa é da Garotinha! Ela  está chorando!
— Ah! É, é? — É. — Então fale para ela que eu sou O Coelhinho Poderoso
e vou trazer para ela um ovo de chocolate bem grandão!

Oba! – gritaram as três amigas lambendo os beiços!

 Que delícia, hem?

          

     SOCORRO!   UM ELEFANTINHO... 

            

  ... NO MEU QUINTAL !

  Estava um dia muito, muito quente! A Garotinha estava tomando um belo
sorvete de chocolate, morango, ameixa, creme, chiclé, abacaxi,
limão, pipoca e nata, tipo NOVE bolas!
Era o maior sorvete do mundo!

                         Estava tão delicioso que ela fechou os olhos e deu um suspirão! Quando abriu e se aprontou para dar mais uma bela lambida percebeu que não tinha mais nenhum sorvete na mão. Ele tinha desaparecido! Deu um berro tão grande que a Patinha Detetive escutou e veio à toda com seu boné de detetive e sua lupa de descobrir ladrõeszinhos de sorvete.
E procura que procura... Achou no chão uns rastros de roda de caminhão de circo e umas patas enormes. Plof, plof, plof.  Foi seguindo e foi seguindo... até que achou um lindo elefantinho lambendo os beiços.
― Que faz você,lindo elefantinho?
― Eu tomo sorvete! Está delicioso.
― Mas esse sorvete é da Garotinha! Ela está chorando!
― Ah, é, é!
― É.
― Bem, eu  estou com muita sede de sorvete de chocolate, morango, ameixa, creme, chiclé, abacaxi, limão, pipoca e nata, tipo NOVE bolas!  Está uma delícia! E vapt, lambeu tudinho.

― Mas esse sorvete  é da Garotinha! O sorvete é dela!
― Ah ,é, é!
― É.
Então vou mandar essa linda florzinha azul para ela não ficar tão tristinha...
A Patinha Detetive ajudou o elefantinho a subir no caminhão e ele mandou
um beijão para a Garotinha e uma linda flor azul...

A Garotinha enxugou a lágrimas e ficou olhando aquela flor azul...tão linda...As duas foram para casa pedir mais sorvete para a mamãe. Tomaram bastante sorvete. A Patinha Detetive foi embora com a boca toda lambuzada. Ufa! Que dia! 

             
 
       ESTÁ       GRITANDO?              ???         

Quem faz tanto barulho?

A Garotinha estava dormindo, dormindo... Um silêncio...
Era feriado, e ela poderia dormir até tarde. Ufa! Que bom!

No escuro, aquela coisinha entrou em casa como se fosse sua. Fofinha, 
toda branquinha,  e muito danadinha. Fez muita arte: jogou o vaso no chão e espalhou a terra por todos os lados. Comeu todas as margaridinhas que
encontrou no vasinho de flores.

                De barriga cheia, foi se
esconder
atrás do sofá e cansadinha adormeceu. 
Era de manhã, e o sol começou a brilhar. De repente ouviu-se um barulho
esquisito na casa. A Garotinha, muito curiosa, foi a primeira a levantar e correr para espiar a sala. Não viu nada!
Tornou a dormir. Mas o barulho recomeçou mais forte e esganiçado!
A Garotinha abriu um bocão tão forte que acordou a mãe, o pai e todo o pessoal do prédio. Chamaram correndo a Patinha Detetive que veio com seu boné de detetive e com sua lupa de enxergar coisinhas barulhentas.
E procura dentro da lata de sardinha, dentro do bule de chá, embaixo da escada, e nada! Cansadinha, resolveu dar uma cochilada no sofá da sala, mas, ops! Que barulho medonho! Um oinc, oinc terrível. E quem aparece bem rosadinha e com uma fome danada? Uma linda porquinha assanhada!
— Garotinha,Garotinha ! Venha ver quem estava fazendo esse barulhão!
— Que linda, essa porquinha! - falou a Garotinha - vai se chamar Margaridinha!
A mãe aliviada, resolveu encher uma mamadeira de leitinho e a porquinha mamou tudo.    
   -   Oinc, Oinc!
  - gruniu satisfeita. Elas  fizeram muitas festinhas na Margaridinha e depoiis foram descansar no jardim.
   

 AMIGO SUPER-SECRETO DA GAROTINHA!!!

                       

Té,té,té...  Té,té,té!  A mamãe acordou e foi de mansinho escutar pela casa. De  onde 
vinha
aquele barulhinho? Hem? Hem? De lugar nenhum! Tudo quieto! Mamãe tornou a dormir, mas acordou de novo com aquele barulhinho: Té,té,té... Té,té,té.. Foi andando devagarinho e percebeu que o barulhinho vinha do quarto da Garotinha. Ficou quietinha na porta e vupt, abriu a porta bem depressa. A Garotinha fechou os olhos correndinho e ficou bem quietinha. A mamãe olhou, olhou, procurou, e não viu nada. Só percebeu que a
Garotinha estava dormindo com um olho só. Bem, muito sem graça, tornou a ir dormir. E lá pelo meio da noite mais Té,té,té... Té,té,te... e umas risadinhas estranhas.
Enlouquecida começou a berrar, a berrar tanto, que o papai  chamou correndo a Patinha Detetive que veio com seu boné de detetive e sua lupa de achar barulhinhos estranhos à noite.
A Patinha Detetive chegou à toda:

— Mamãe da Garotinha, o que foi que você escutou?
— Um barulhinho assim: Té,té,té... Té,té,té...!

— Ah! Sei! E umas risadinhas?
— É...
                            mix_250.gif (13691 bytes)  . 
A Garotinha estava chorando?
Não, ela estava dormindo, mas com um olho só!

— Com um olho só, hem? Garotinha! Com quem você estava
batendo um papinho durante o seu soninho?

— Com meu amigo super-secreto, o Fan-tas-mi-nha!

— Ah! Com seu amiguinho super-secreto o Fan-tas-mi-nha, hem?
— É... !

—Mamãe, era o amigo SUPER-SECRETO da Garotinha,O FANTASMINHA!      
Todos deram muita risada, tomaram um chazinho de hortelã e foram dormir em paz.   Ugh!

contosdacaRochinha-Cármen Rocha

                       

VAGALUME TEM-TEM
 ...                    
    
TEU PAI TÁ AQUI... TUA MÃE TAMBÉM...

 

A Garotinha estava  brincando de pega-pega no jardim com a Gabi e o Janjão. Estava uma noite quente. Passou um lindo vagalume e pousou bem pertinho da Garotinha.

Ela colocou rapidinho o vagalume numa caixinha de fósforo. Todos correram para ver a luzinha esverdeada do vagalume. Mas antes de fechar a caixinha ele fugiu bem depressa.

Foi um berreiro só, tão alto que a Patinha Detetive que estava por ali passeando, ouviu. Correu para acudir.

— Garotinha , o que aconteceu?

— Foi o meu vagaluminho que fugiu! - e cada um berrou mais alto que o outro.

A Patinha Detetive pegou sua lupa de achar vagalumes fugidos e pôs-se a procurá-lo. Atrás da moitinha, no meio das folhas, dentro da rosa... Nada! Cansadinha, a Patinha Detetive quis dormir só um pouquinho. E como todos estavam cansadinhos, resolveram deitar  juntinhos na grama.
O céu estava estrelado e cheio de vagaluminhos passeando de lá para cá. Parecia uma grande festa! A Patinha Detetive teve então uma ótima idéia. Pegaram uma caixa de sapato, colaram um papel celofane roxo na tampa e colocaram uma velinha acesa dentro. Puseram alça e fizeram uma linda lanterninha como se fosse um lindo vagalume!

Todos deram as mãos e foram passear no escuro.       
O
vagaluminho foi passear junto!
Que bom!

 
 
 
 

.

DINOSSAURINHO VERDE, MEU AMIGO!

                  

Que susto que a Garotinha levou! Quando ela entrou no Museu , viu um dinossaurão deste tamnho. Quase desmaiou.Era um dinossaurão de verdade, disse o guarda!  
O susto foi tão grande que ela abriu o maior bocão  do mundo.
Todas as suas coleguinhas de escola vieram chorar juntas. - Buááá...
O Diretor do Museu já estava ficando careca com o susto! Foi depressinha chamar a Patinha Detetive que veio à toda com seu boné de detetive e sua lupa de ver dinossaurões de verdade! 
- Que foi, Garotinha, o que aconteceu?  O que aconteceu?-
gritou a Patinha Detetive! 
 - É um dinossaurão de verdade! Socorro! Socorro!
- De verdade ? 
- É. 
       
                    

 - Quem falou?
- O guarda do Museu!

- Bem, Luiza, falou a Patinha Detetive, é o seguinte, é de verdade sim, mas faz um tempão que já morreu.

 - Ah! É, é? 
 - É.      
- Tá morto?                                     
- Tá.
- Ufa!
E foi correndo contar para as amigas:                   
- Tá morto! Tá morto!
E dando risada, disparou com as coleguinhas.
Foram brincar de catar pedrinhas redondas lá... na 
entrada do Museu!  Que susto, não?

Depois, todos voltaram para casa e no outro dia, na escola, lá estava a Garotinha,toda feliz, mostrando para as coleguinhas... o que vocês acham que ela estava
mostrando?
Pois bem, era seu novo
amiguinho, o Dinossaurinho Verde,
que ganhou da vovó KaKá.   Viva!

 - Ufa! Que susto, hem?

             CAVALINHO DE PAU

Era NOITE DE NATAL,25 de Dezembro, dia do aniversário do Menino Jesus. A Garotinha
foi armar o presépio que tinha sido de uma tataravó,da bisavó da vó Kaká, ufa!

Colocou uma toalha vermelha bem comprida. Forrou tudo com papel-crepom verde e
pôs caminhos de serragem para todos irem visitar o Menino Jesus.
Tinha montanha e 
lago com jacaré e pato... carneirinho e sapo.
Colocou a Maria, a mãezinha; o São José, o papai, e o Menino Jesus deitadinho na manjedoura.
De um lado e do outro,
o
burrinho e a vaquinha aqueciam o menino... Em volta estavam as lavadeiras, os pastorinhos, os camponeses... e muitos muitos amiguinhos...  Quando acabou de pôr tudo no lugar era a horado nascimento. A grande estrela avisava os reis
magos  do nascimento do Menino. 
A Garotinha já estava cansadinha, mas era a hora de chegar o Papai Noel e ela estava louca pelo presente.Segurou 
o sono. Sabe o que a ela ganhou do Papai Noel?
 
Um lindo Cavalinho de Pau!  Era o que
ela mais queria... e com ele, ela cavalgou... pelos campos ... e teve lindos sonhos...até que... 
hora da  Ceia de Natal!   No alto


acordou e viu que havia  sonhado no colo da mami  e abriu
o maior bocão.Onde estava seu Cavalinho de Pau? A vovó Kaká,
muito danadinha, já
tinha chamado a Patinha Detetive que veio à toda com seu boné de detetive e sua lupa
de achar Cavalinhos de Pau escondidinhos.
E procura que procura. Estava quase
desistindo quando viu 
um rabinho amarelo que estava escondidimho embaixo da toalha,
muito bonita, do
Presépio. Foi aquela alegria! A Garotinha deu um puxão e lá estava ele! 
Ela deu um grande abraço no seu Cavalinho de Pau. No outro
ano... ia ser tudo igual!  
Ela mandou um beijo pro Menino Jesus e foi nanar.

                     mix_250.gif (13691 bytes)       

   AGUARDEM! CÁRMEN ROCHA

PIADINHAS INFAMES

                                       

 Atchim!  

Sai, sapo, você não é porco!                             

He,he!   

 (gripe suína)

Envie a sua!

carmenrochacontos@ig.com.br

  AGUARDEM!!!          Um beijo da CÁRMEN ROCHA

                                                                                                                                                                                      Ver imagem em tamanho grande

  

         OLHA A  TURMA  DA  GAROTINHA ! 


    LGAROTINHA BONITINHA  e . . .   

  O FAN - TAS-  MI - NHA ...     o seu amiguinho super-secreto! ! !        
      ************************************************************************************** 

                   
       ***************************************************************************************                      

  

  
                  
Gabi Perna de Siri      mix_250.gif (13691 bytes)   LUIZA POETISA
 

PIADINHAS INFAMES

 

UMA PULGA FALOU PARA OUTRA PULGA:

                                                          

— Você viu a Dagmar? Ela era tão chique! Agora baixou o nível!

— É? Não me diga! E por quê?

— Porque agora ela só morde vira-lata!

  He,he!       Envie a sua!    carmenrocha@ig.com.br

>

OLHA  TODA     A   TIUUURMAA:



Gabriel Pastel  Bruno Gatuno   Amanda Amada  
EduardaEspingarda    
André Chulé    
     

               

  E...   seus outros amiguinhos!

  Ufa!                                                                                                          
   

    Fábio Rocha - 28.03.06
A  TURMA DO    MACACO MALUCO                         
Era uma turma muito curiosa. O Tucano com seu longo bico, a Arara que
não parava de falar e a Aranha que tinha mania de tecer sua teia em todos os lugares. 
Ah... não  podemos esquecer do Macaco, o mais levado de
todos.
Toda noite eles se
encontravam
para contar
suas aventuras, o Macaco era o maior contador de todos.
Naquela noite ele contou como enganou um Sapo. Ficou escondido atrás de uma árvore
e ficou somente com o rabo de fora, mexendo-o como se fosse uma cobra. O pobrezinho
do Sapo ao ver aquela cobra, que na verdade era o rabo do macaco, saiu pulando muito
assustado. Todos riram muito, principalmente a Arara, que era muito escandalosa!
No outro dia após uma tremenda chuva, que havia caído durante toda a manhã,
eles se encontraram para contar mais histórias.
Bem, na verdade o Macaco não apareceu. Eles esperaram muito tempo e nada do Macaco.
Depois de muito esperar, resolveram procurá-lo, pois o Macaco nunca faltava.

O Tucano saiu para um lado e a Arara para outro, levando a Aranha pendurada pela teia.
Depois de algum tempo a Aranha viu algo estranho na floresta e pediu para a Arara voar
mais baixo. Foi então que viram o Macaco parado como uma estátua.

Des
ceram até o chão e aí perceberam o que tinha acontecido. Durante a chuva, o Macaco
ficou macaqueando na lama, ficou todo sujo e depois com o
Sol, a lama foi secando, secando
até que endureceu e o macaco não pode mais se mexer e com o braço para o alto.
A Aranha ficou segurando a mão do Macaco, pois ele estava com medo de aparecer
uma Onça, enquanto isso a Arara saiu gritando, foi chamar o Tucano.

Logo o Tucano e a Arara voltaram e não conseguiam imaginar como tirar o Macaco
daquela situação.
Então a Aranha teve a idéia de jogar água no Macaco
para a lama
amolecer. O Tucano com seu longo bico foi buscar água no rio que passava ali perto.
A Arara com seu bico forte, foi arrancando  os pedaços de lama que
conseguia e a
Aranha amarrou sua teia muito forte para puxar para baixo os braços do Macaco. Logo
o Tucano chegou e foi jogando água no Macaco. Fez isso muitas vezes até que o Macaco
conseguiu se soltar
.

Depois deste susto os quatro amigos se juntaram novamente para contar novas histórias incríveis!

Projeto Cultural Cármen Rocha -  1998 

      &        contosdacaRochinha

                   
           Cármen Rocha             

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, BUTANTA, Mulher, de 46 a 55 anos, French, English, Arte e cultura, Livros

O que é isto?
Visitante número: